Exposição: a arte de encadernar

livros_classica_2.jpgEssa semana está sendo muito especial e complicada ao mesmo tempo, mas nada que não se possa resolver a tempo. Com o término do curso de Pedagogia na USJT, encerro também minha trajetória no CEAM – Centro Educacional Alzira Mesquita, com o projeto A Arte de Encadernar.

 

livros_21.jpgJá estou com saudades dos alunos, dos colegas e principalmente de meus professores. A vida é assim: tudo a seu tempo e que perdura por um determinado tempo apenas. O meu, no CEAM, acabou; agora tenho que partir para outra igual ou melhor.

Quero voltar a restaurar, encadernar e talvez fazer algumas consultorias na área de preservação de bibliotecas, acervos, documentos históricos, e principalmente ensinar. Ah, como gosto de ensinar! Quem sabe eu resolva fazer um mestrado… O que eu não quero é parar de pesquisar e trabalhar. Ah! Isso é que não pode mesmo!

livro_1.jpg

 

 

livro_2.jpgHoje, em especial, quero publicar alguns dos trabalhos de meus alunos do projeto. Sinto-me realizada ao ver o progresso que eles fizeram enquanto estivemos juntos. Gostaria de poder ensinar-lhes muito mais; infelizmente a duração do curso não permitia ir além do que fomos. Eles trabalharam muito bem e seus livros ficaram ótimos!

 

livro_5.jpgUm livro bem encadernado, quando você o abre e o solta sobre a mesa, ele fica aberto. Essa é uma dica que passo a você que pode um dia precisar desse serviço.

 

As quatro primeiras encadernações são com lombada arredondada. As duas seguintes são revistas ou livros de folhas soltas e com lombo reto; mesmo assim elas possuem uma boa abertura. Isso é sinal de que eles foram encadernados com critério de conservação.

 

Observe a revista das bicicletas e esta aqui ao lado.

livro_6.jpg

livro_3.jpg

 

 

 

 

livro_19.jpg

Esse ao lado é um livro de folha solta, encadernado com o mesmo processo utilizado para teses e monografias. Normalmente esse tipo de encadernação precisa de uma pequena ajuda para abrir. Dá para perceber: precisei dar uma ajudinha ao livro para ficar aberto. O interessante é que ele não se fechou; na verdade, continuou aberto na página em que abri.

 

livro_4.jpgEsse, na verdade não é um livro, são cinco fascículos do diário oficial. Consegue imaginar o tamanho original dele? É uma encadernação comercial reforçada para garantir a proteção e conservação desses jornais.

 

livro_9.jpg

Esse trabalho feito pelo aluno foi muito interessante, pois este encadernou o seu álbum de bebê. Quis fazer essa surpresa a sua mãe. Para isso, foi necessário refilar a capa do álbum original, fez um baixo relevo na capa nova e aplicou a capa original nesse baixo relevo. Esse trabalho foi executado na frente e no verso da capa de álbum.

 

livro_13.jpg

Outra forma de sabermos se um livro está bem encadernado é colocá-lo de pé sozinho, ou seja sem apoio nas laterais. Se ele não cair, significa que uma das etapas da encadernação foi bem executada.

As fotos abaixo são de alguns alunos finalizando seus trabalhos. Depois publicarei mais fotos de livros que estão sendo finalizados esta semana.

 

alunos_2.jpg

alunos_1.jpg

Anúncios

3 Respostas to “Exposição: a arte de encadernar”

  1. prof. lenita C Almeida Says:

    Professora Elisa seu trabalho é uma obra de arte.! Nota Dez para todos o seus alunos e para você também. Um abraço .Prof. Lenita C. de Almeida Mestre em educação – Consultora Pedagógica

  2. prof. Denize Thomaz Says:

    Olá prof. Elisa , que espetáculo a sua exposição.! Você fez um trabalho maravilhoso. Este país precisa de profissionais como você! Parabéns ! Que seus alunos continuem a fazer trabalhos tão bons como os que estou vendo neste BLOG. Abraços Prof. Denize thomaz

  3. prof.Dineia Hypolitto Says:

    Cara professora Elisa fiquei muito feliz com os resultados do projeto a A Arte de Encadernar no CEAM ( USJT ) , e gostaria de convidá-la para apresentá-lo no II ENCONTRO DE ESTUDOS FORMADORES da USJT no dia 3 de março de 2008 no Auditório da Reitoria da Universidade São Judas Tadeu . Foi um prazer estar coordenando esse belíssimo projeto. Já estou com saudades.Parabéns ! É preciso navegar em outros mares, porém a saudade ficará em nossos corações. Abraços da Coordenadora do projeto Prof. Dinéia Hypolitto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: