Programação da Semana – Turma INI1A 2009 – RIC – USJT

Este post é válido para os alunos de  Metodologia Científica do RIC da Universidade São Judas Tadeu – Turma INI1A 2009

Dia 17 de junho de 2009 às h18h e 45min haverá a Banca de Iniciação Científica: Dislexia e produção científica – Análise das bases de dados Medline e PsycInfo, no Auditório do subsolo. Caso você resolva assistir a defesa do trabalho realizado por seu colega do RIC,  faça um comentário com suas considerações sobre o tema desenvolvido.

Dia 18 de junho de 2009 às 16:30 será apresentada a peça de teatral educacional: “Rádio CA – AM 54 a 85 kHz: a rádio que conta a nossa história” – realizada pelos alunos da EJA do CAAM (Centro de Alfabetização Alzira Altenfelder Mesquita), do 9º ano (8ª série). Caso queira assitir, vá ao Teatro 90⁰ no andar intermediário da Universidade São Judas Tadeu.  Não se esqueça de fazer um comentário, aqui no blog,  com sugestões, críticas e sua opinião  sobre o tema.

Quem participar das atividades acima e postar um comentário,  nesse espaço, receberá presença equivalente ao dia da programação. Para os que não podem ir em nenhuma dessas programações, estarei na sala de aula para ajudá-los com seus trabalhos. Bom trabalho, turma! Profª Elisa Kerr.

Tags: ,

8 Respostas to “Programação da Semana – Turma INI1A 2009 – RIC – USJT”

  1. Edir Evaristo da Silva Says:

    Em relação ao trabalho intitulado “Dislexia e produção científica – Análise das bases de dados Medline e PsycInfo” gostaria de fazer as seguintes considerações:
    – quanto à temática escolhida, chamou-me a atenção o fato de que a despeito da importância deste assunto há, segundo a pesquisadora, uma baixa quantidade de publicações sobre este assunto, principalmente em base de dados de nosso país, o que notabiliza a relevância de sua escolha como tema de pesquisa;
    – a pesquisadora apresentou muito bem seu trabalho, possuía uma boa postura, comunicação, articulação de idéias e outras habilidades envolvidas enquanto expositora, tal como segurança e domínio do assunto;
    – na banca, duas observações importantes feitas pela Examinadora: um elogio, onde se ressalta a qualidade do trabalho e da objetividade com que conduziu os estudos; outra, inquiridora, versava a respeito da diferenciação que fez dos objetivos da pesquisa para cada base de dados consultada. Ressaltou-se da necessidade de fazer um entrelaçamento entre as duas bases (necessário para tal metanálise) apontando para as tendências e peculiaridades de cada uma;
    – achei interessante como foi bem recebido o fato da pesquisadora Cássia ter levado impresso uma errata onde completava e corrigia alguns elementos de seu trabalho. Segundo os presentes, demonstrava seu compromisso como a pesquisa, o quanto ela se preocupou em revisar o que já fora entregue oficialmente para o RIC;
    – o outro Examinador elogiou seu trabalho, mas observou que faltaram maior conteúdo na introdução sobre a importância da produção científica, além da ausência de palavras-chaves no trabalho e da importante discussão de uma tabela. Ele escolheu uma fala de um dos autores citados no texto e pediu que ela explicasse aquilo, o que satisfatoriamente a Cássia atendeu. Ao final, este mesmo professor reconheceria a qualidade do trabalho e a convidaria para publicá-lo numa revista científica, o que a autora prontamente aceitou.
    Fiquei admirado e contente com o conhecimento e as possibilidades que a Iniciação Científica pode suscitar aos seus participantes.

  2. Renée Santana Says:

    Acerca da peça teatral apresentada pelos alunos, creio que de início devo parabenizar e mais uma vez bater palmas diante o lindo trabalho que foi apresentado.
    Esta foi a prova de que o aprender transcende cadernos e lousa. Como diria Paulo Freire “Não é no silêncio que os homens se fazem, mas na palavra, no trabalho, na ação-reflexão”. Este foi um exemplo de ação-reflexão! Que possamos ter cada vez mais oportunidades de encontro como esta!!

    Parabéns!

    Renée

  3. Renée Santana Says:

    Comentários interessantes acerca da Banca do RIC de Dislexia:

    *Metanálise efetuada nos bancos Medline (MEDICINA) e psycINFO (PSICOLOGIA);

    *Embora as bases fossem diferentes, os conteúdos eram muito parecidos;

    *Ambas as bases se preocupavam com temas estritamente biológicos

    *Existem poucos artigos brasileiros;

    *A maioria dos trabalhos foi feita em grupo;

    *A psicologia deveria se preocupar mais com áreas específicas na dislexia, não apenas pesquisar temas biológicos;

    Comentários dos analistas da banca
    Prof. Valéria: Sentiu falta da pesquisa sobre temáticas na psycINFO
    Prof. Buriti: Sentiu falta de uma explicação sobre o que é produção científica no trabalho, faltou a discussão da tabela 3.

  4. Tania Says:

    Olá professora, gostaria de entrevistá-la na rádio CBN sobre o seu blog. Temos um quadro de blogs no programa Revista CBN, aos sábados, às 13h30. A entrevista é por telefone. Por favor, entre em contato comigo por email.
    obrigada
    Tania

  5. Andréa Milite Says:

    A peça “Rádio CA – AM 54 a 85 kHz: a rádio que conta a nossa história” mostrou nos que, mesmo os adultos que por motivos e outros tiveram que deixar de estudar, tem uma vontade enorme de mostrar o seu talento de alguma forma e de participar de todas as atividades propotas a eles. Simplesmente MUITOOOOO LEGAL!!!!!! PARABÉNS A TODOS OS ENVOLVIDOS.
    O enredo foi a história do Brasil a partir do ano de 1954 a 1985. HAvia os locutores e o coral que cantava as músicas típicas da epóca.
    Percebeu-se que houve todo um trabalho de pesquisa de história, música da epócas, repreensão da ditadura, vinhetas de comerciais da epóca, enfim… tenho certeza de que o trabalho foi árdo.
    Parabéns aos professores que participaram e deram o apoio, à coodernadoria, e princilpamente aos alunos.
    Por fim, acho que a peça deve ficar em cartaz por um tempo, para outras pessoas possam aprender um pouco mais sobre a História do Brasil.

  6. Edir Evaristo da Silva Says:

    Quanto à peça “Rádio CA – AM 54 a 85 kHz: a rádio que conta a nossa história” que o amigo Rodrigo descreveu acima, gostaria antes de mais nada parabenizar a todos que estiveram envolvidos em sua realização. Para mim essa peça valeu por horas e horas de estudo da História do Brasil, pois além de sintetizar os fatos de um amplo e importante período, conseguiu bons resultados utilizando-se de uma forma estética muito viva, embora simples, marcando, provavelmente, não somente quem apresentou a peça mas também nós, seu público. Creio que diante de mim estava a manifestação de um importante recurso didático, facilitador da aprendizagem e motivador. Como sugestão, fica o desejo de que o grupo reapresente esta peça, que continue aprimorando-se na arte teatral, que não deixem de registrar (se é que ainda não o fizeram) de como esta experiência trouxe impactos positivos em sua vida escolar e pessoal, e que pensem na idéia de dividir com outros centros de educação para adultos tal vivência.

  7. Rodrigo de Souza Fagundes Says:

    Errata:

    A peça teatral educacional “Rádio CA – AM 54 a 85 kHz: a rádio que conta a nossa história” exibida no teatro 360º do andar intermediário, abordou a temática do Brasil no periodo da ditadura, época em que muitos artistas do rádio sofriam censura por questionar o regime politico vigente e motivar o povo a fazer a diferença mudando o rumo da sua própria história. Uma peça educativa e informativa, relembrando comerciais antigos e musicas que marcaram os jovens dos anos 1960. Nostálgica e com uma pesquisa histórica bem cuidada. O Brasil foi bem retratado através da peça que retratou uma emissão radiofônica. Aos alunos de Iniciação Cientifica serviu como bom exemplo principalmente
    no quesito conteúdo por apresentar o contexto histórico social aliado a manifestação artistica que acontecia no periodo em questão.

  8. Rodrigo de Souza Fagundes Says:

    Seu interesse pelo tema iniciou por uma vontade de saber mais sobre o assunto. Na abertura indicou o site http://www.dislexia.org.br aos interessados por essa temática.

    Seu trabalho fala a dislexia. Ela não pode ser confundida com a dificuldade de aprender que muitos estudantes apresentam, pois se trata de um disturbio. Para se obter um diagnostico desse problema é necessário uma avaliação realizada por uma equipe multidisciplinar. Nessa equipe se encontra profissionais da pedagogia, psicolologia, inclusive fonoaudiólogo.

    O seu trabalho é importante pois abriu a possibilidade de estudo a um assunto novo, pouco explorado aqui no Brasil, através de uma possível pesquisa quantitativa com dados da população brasileira.

    O questionamento que surgiu dessa pesquisa é sobre a dificuldade de aprendizado dos alunos. Seria por um disturbio ou por uma dificuldade? Daí a importância da pesquisa: orientar sobre a necessidade de uma analise multidisciplinar para detectar qual seria a real causa do baixo indice de aprendizagem.

    É importante destacar nesse comentário quanto a postura da palestrante que manteve-se atenta a sua audiência, mantendo boa postura corporal, tom de voz audível e boa dicção. Além da simpatia, dinamismo e clareza na transmissão de idéias.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: