Posts Tagged ‘sala de aula’

1ª etapa – “O MEIO AMBIENTE QUE IMAGINO AMAMHÔ

9 dezembro, 2009

Cada júri escolherá quatro obras de cada slides show (turma), para tal há uma enquete para cada álbum de fotos correspondente a cada turma. Os  desenhos possuem um número no canto direito que corresponde ao número ao seu número na enquete.

Atenção, você terá que atribuir seus quatros votos, em cada enquete, de uma única vez  (a enquete não permite que você a acesse duas vezes, por isso tenha em mãos os seus quatro candidatos).  Essa foi a forma que encontrei de evitar que a mesma pessoa, por engano, vote duas vezes no mesmo álbum.

SLIDES SHOW DA  6ª A

1ª Votação 6ª A – “O meio ambiente que imagino amanhã”

SLIDES SHOW DA 6ª B

1ª Votação 6ª B “O meio ambiente que imagino amanhã”

SLIDES SHOW DA  6ª C

1ª Votação 6ª C “O meio ambiente que imagino amanhã”

SLIDES SHOW DA  6ª D

1ª Votação 6ª D “O meio ambiente que imagino amanhã”

Grata por sua participação.

Enquetes encerradas em 13/12/2009


Anúncios

Projeto “Contação de Histórias”

8 abril, 2008

Acabo de ler sobre o projeto “Contação de Histórias” realizado em Carazinho (RS), aplicado em uma escola estadual. Vocês pensam que bons projetos só acontecem em escolas particulares? Ledo engano! As escolas estaduais e municipais estão repletas de professores se empenhando em dar uma boa educação ao educando. Leiam o projeto e comprovem o poder de tranformação que estabelecem com a comunidade escolar.

Aplique em sua escola também. Vale a pena tentar. O projeto é bem simples e tem excelente retorno.

Elisa Kerr

Mais portfólio

26 outubro, 2007

Estou começando a me aprofundar um pouco mais sobre portfólio e me deparei com um blog muito bom sobre o assunto. Encontrei esse site, do João Maria Grilo, que explica muito bem os tipos de portfólio: de aprendizagem, do aluno, do professor, etc. Enquanto estudo mais sobre o assunto, vou compartilhando com vocês algumas leitura que encontro pelo caminho.

Vejam, também, o blog de Sônia Cruz com muitas e muitas bibliografias sobre portefólio ( como chamam em Portugal).

Voltando para o lado de cá do oceano, podemos ler o artigo de nossa professora Dynéia Hypollito sobre O uso do portfolio, a reflexão e a avaliação, publicado na revista integraçao – USJT.

Temos o site da professora Miria Salles, no qual ele registra pequenos resumos das palestra em que foi ouvinte e, também, suas experiencias em sala de aula com o portfólio digital .

Estou atualizando essa página com mais um artigo Portfólio: conceito e construção escrito por alunos do Instituto de Formação de Professores da Universidade de Uberaba.

Boa pesquisa.

Província Reggio Emília

17 outubro, 2007

Alguns dias atrás, me perguntaram onde se localizava, na Itália, a província de Reggio Emilia e, vejam só, a Prof.ª Dinéia me presenteou com esse mapa, sem sequer imaginar que eu estava a procurar por ele. Quem diria, Reggio Emília fica ao lado da terra natal de Luciano Pavarotti – Modena.

Cidade de Reggio Em�lia

Clique no mapa e vá direto para a entrevista com a coordenadora pedagógica da Reggio Emília.

Se você quiser saber mais sobre a educação nessa cidade vá para a página Abordagem Reggio Emília. Lá você encontrará outros sites interessantes.

Pessoal, a Itália respira arte, é impressionante isso! Todo artista tem que conhecer a Europa e passar um bom tempo na Itália, suas vilas, construções, afrescos, é tudo tão fabuloso e inesquecível! Não dá para explicar. Tem que ir até lá e se sentir pequenininho diante da grandiosidade das obras arquitetônicas, plásticas etc., as quais nossos ancestrais registraram para que seus descendentes saibam que são frutos da continuidade da história da humanidade que começou lá atrás. Continuidade é sinal de vida, “vida passada que reflete no presente e transforma o futuro”. Memória viva e atuante, ela não ficou estática no passado; essa memória atua no presente e nos impulsiona para o futuro de nossos descendentes.

Tantas coisas em mim mudaram depois que fiz essa viagem! Tantos conceitos refeitos, e tudo em nome da arte. Fico imaginando essas crianças que são educadas com a abordagem da Reggio Emilia e que podem desfrutar dessas maravilhas! Não diria que é mais fácil ser educador num lugar assim, mas que deve ser mais prazeroso ainda, creio que sim! Mas como não estou lá, então faço minha parte aqui mesmo e desfruto desse prazer aqui no Brasil, pois temos coisas maravilhosas para ensinar e aprender sobre nossa cultura.